Centelha de Inverno

Código: EDRLD36BG Marca:
12x de R$ 2,51
R$ 25,00
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 25,00 sem juros
    • 2x de R$ 13,06
    • 3x de R$ 8,83
    • 4x de R$ 6,72
    • 5x de R$ 5,45
    • 6x de R$ 4,61
    • 7x de R$ 4,01
    • 8x de R$ 3,55
    • 9x de R$ 3,20
    • 10x de R$ 2,92
    • 11x de R$ 2,70
    • 12x de R$ 2,51
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

PRÓLOGO

 

 

Com alívio, com humilhação, com terror, compreendeu que ele também era uma aparência, que outro o estava sonhando.

          As ruínas circulares, Borges

 

          Na orla da praia, o velho homem se deteve diante da pequena concha do mar. Depois de um período de reflexão e devaneio, e o velho homem tanto pode ter se maravilhado com o paradoxo do nácar, criação do gelatinoso molusco, como pode ter recuperado uma imagem do passado – o menino apoiou a concha ao ouvido e se encantou com o chiado do mar. Inspirado, o velho homem escreveu algumas linhas sonhando traduzir a coisa em si em símbolo – ou a suposta coisa em si, como veremos mais adiante. Publicada a obra recebeu novas luzes: a cisão da crítica não abalou o velho homem: um a comentou sob o título – a obra prima do egoísmo; outro exorbitou a dificuldade de a situar na complexidade da história; o leitor a amou ou a esqueceu, e o poeta concedeu entrevista ao remoto programa da TV estatal. Depois que ele se foi para sempre, os versos sobre a alma da concha seguiram se ramificando através de outro homem que, na impessoal generosidade de uma biblioteca, se deteve diante da beleza da Poesia.

12x de R$ 2,51
R$ 25,00
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • PagSeguro
Selos
  • Site Seguro

GC Arquitectônica Ltda.ME - CNPJ: 02.834.805/0001-66 © Todos os direitos reservados. 2020

Design by  PWP Comunicação